BRF critica embargo da Comunidade Europeia à carne brasileira

BRF critica embargo...

Após a Comunidade Europeia divulgar lista de suspensão de compra de 20 unidades frigoríficas do Brasil, das quais 12 da BRF, a companhia, dona das marcas Sadia e Perdigão, emitiu nota nesta segunda-feira (14) dizendo que não concorda com a decisão que formaliza a listagem prévia de embargo à compra de carne da companhia.

 

“A decisão parece ter sido motivada pela proteção do mercado local e não por questões de saúde e qualidade, conforme recentemente anunciado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). À luz dessa realidade, a companhia já começou a reorganizar suas atividades e, inclusive, está atualmente realizando um estudo de sua produção que, quando finalizado, será submetido à apreciação do Conselho de Administração da Companhia”, afirmou na nota.

15052015

A empresa destaca que a avicultura gera 3,5 milhões de vagas no país, sendo 65 mil diretas nas suas fábricas. Informou que seguirá lutando para atender seus clientes na Europa.

 
Fonte: Por Estela Benetti

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.