Vilhenense é presa com drogas na rodoviária de Cacoal, drogas seriam entregues em Vilhena

Uma estudante de 20 anos, foi conduzida a Delegacia de Polícia Civil (DPC) de Cacoal (RO) município a 480 quilômetros de Porto Velho, na manhã de quarta-feira (6), por ser suspeita de traficar drogas. Segundo os policiais ela tentava levar 257 gramas de maconha para a cidade de Vilhena (RO).

A suspeita estava em um táxi, junto com a avó e o filho de três anos, quando o veículo foi abordado pelos policiais, já chegando na rodoviária local, onde embarcariam em um ônibus com destino a Vilhena. A avó disse que não sabia que a neta estava transportando a droga.

Denúncia e abordagem

Os policiais foram informados por denúncia anônima, que uma mulher por nome Luana Zanardi estava tentando levar droga para Vilhena, e que para chegar até a rodoviária, tinha contratado um veículo de aluguel. O táxi foi abordado já chegando na rodoviária de Cacoal. No interior haviam quatro pessoas, sendo o motorista de 63 anos e três passageiros. Ao verificar as bagagens, os policias encontraram na bolsa da estudante dois pacotes, que juntos totalizavam 257 gramas de substância, aparentando ser maconha.

Logo que a droga foi encontrada, a jovem assumiu a propriedade. Ela disse que 200 gramas era para um amigo, morador de Vilhena e o restante era dela, que é usuária. No entanto, caso aparecesse algum comprador, ela também venderia.

Segundo consta no boletim de ocorrência, a suspeita já teve passagens pelo crime de tráfico de drogas em Vilhena e ainda está pagando serviço comunitário. Ela e as testemunhas foram conduzidas até a Delegacia de Polícia Civil.

Na delegacia a avó disse que não sabia o que a neta estava transportando e o taxista afirmou que apenas atendeu a corrida até a rodoviária.

 

Fonte: Notícias 190

Facebook Comentários
COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.