Um Dos Deputados Federais Mais Caro Do Brasil é De Rondônia

Expedito Neto vem se destacando entre os deputados que mais gastam dinheiro público

O Deputado Federal rondoniense Expedito Netto (PSD) vem se despontando entre os 513 deputados federais de todo o Brasil em seus gastos da Cota Parlamentar.

Suas despesas, não incluso salários, neste início de mandato já chegou a R$ 138.828,90 o que o coloca como o 1° do ranking nacional.

A Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar (CEAP) custeia as despesas do mandato, como passagens aéreas e conta de celular. Algumas são reembolsadas, como com os Correios, e outras são pagas por débito automático, como a compra de passagens.

Verba de Gabinete

 

Cada deputado tem R$ 111.675,59 por mês para pagar salários de até 25 secretários parlamentares, que trabalham para o mandato em Brasília ou nos estados. Eles são contratados diretamente pelos deputados, com salários de R$ 1.025,12 a R$ 15.698,32.

Auxílio-moradia 

Os deputados federais têm direito a receber um auxílio-moradia no valor de R$ 4.253,00 quando não conseguem ocupar um dos 432 apartamentos funcionais que a Câmara tem em Brasília.

Remuneração

O salário atual de um deputado federal é R$ 33.763,00. A remuneração mensal leva em conta o comparecimento às sessões deliberativas do Plenário. Ausência não justificada leva a desconto no salário.

Viagens Oficiais

O deputado tem direito a receber diárias quando viaja em missão oficial. Nas viagens nacionais, o valor é de R$ 524,00. Nas viagens internacionais, o valor da diária é de US$ 391,00 para países da América do Sul, e de US$ 428,00 para outros países.

FONTERondônia ao vivo
COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.