Detran de RO Gastou Mais de R$ 15 Milhões Em Diárias Para Servidores Em 4 Anos

O Detran de Rondônia é uma verdadeira caixa-preta que precisa ser aberta, limpa e desinfetada. O órgão conseguiu a proeza de queimar, em apenas 4 anos, R$ 15.310.842,99 apenas em diárias para os servidores, de maneira crescente, sangrando os contribuintes rondonienses com taxas altíssimas e totalmente descabidas, mas legais.

Um relatório da Assembleia Legislativa de Rondônia aponta que em 2014 o Detran consumiu pouco mais de R$ 2 milhões em diárias aos servidores (R$ 2.085.480,00), sendo que em agosto foram pagos R$ 288.780,00 e em junho,  o mês que registrou a menor despesa, R$ 110.305,00.

Mas foi em 2018 que o Detran abriu o cofre. Foram consumidos R$ 5.006.645,00 em diárias, sendo que em setembro e dezembro foram registrados os maiores pagamentos, R$ 541.540,00 e R$ 672.345,00, respectivamente.

O relatório contém 23 páginas e aponta ainda a falta de transparência no pagamento das diárias e quais os serviços que foram efetuados pelos servidores que receberam esses valores.

 

O Detran de Rondônia, ainda no primeiro mandato do ex-governador Confúcio Moura,  passou ao controle do grupo político comandado pelo senador Acir Gurgacz (PDT). E em todo esse período, o sindicato da categoria nunca questionou uma série de medidas que foram tomadas pelo órgão, do aumento nos valores cobrados nas taxas, nem os pagamentos de diárias aos servidores.

Assembléia quer sabatina

Nas últimas semanas, o legislativo estadual vem cobrando do governo (e exigindo) que seja feita a sabatina com os diretores de autarquias e fundações, conforme estabelece uma emenda constitucional que está em vigor desde 2017.

Nos últimos dias, a diretora-adjunta do Detran, Benedita Aparecida Oliveira, estaria enviando mensagens aos servidores do órgão para tentar convencê-los a protestar na Assembleia Legislativa contra a medida. Os servidores tem se queixado do atraso no pagamento dos salários sem nenhuma justificativa, mudanças no regimento interno e a extinção de conselhos regulatórios.

FONTETudo Rondonia
COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.